SASE perde clássico para o América fora de casa

SASE perde clássico para o América fora de casa

Na noite de 01/09, SASE e América enfrentaram-se no Poli Esportivo em Tapera, em mais uma rodada da Liga Gaúcha de Futsal. Um clássico que prometia fortes emoções, pois, se a SASE vencesse a partida poderia esquecer o rebaixamento. Já o América, poderia tornar-se líder da competição, se fizesse os três pontos.

No início da partida, as duas equipes postaram-se de forma cautelosa, estudando muito o adversário. O América, tinha mais posse de bola e tomava a iniciativa, enquanto a equipe alviverde, defendia-se muito bem, com uma ótima marcação. Aos 6 minutos, em um chute forte, de longe, Anderson Negão (89) venceu o goleiro Felipe (23) e abriu o placar para os donos da casa, 1x0 América.

Não demorou muito para a SASE reagir na partida e depois do gol, a equipe tomou mais iniciativa, arriscando-se ofensivamente. Aos 7 minutos, Felipe (23) lançou a bola com os pés na direção do gol adversário e na disputa de bola entre Edi Moreira (31) e o goleiro Ban (1), o guarda redes adiantou-se demais e a bola o encobriu, estufando a rede, 1x1 e gol anotado para o goleiro da SASE, Felipe (23).

A noite prometia fortes emoções. Em uma noite brilhante, Felipe além de fazer grandes defesas, tinha seu chute forte e certeiro para ajudar a equipe alviverde. Aos 17 minutos, o goleiro recebeu no meio da quadra e emendou o canudo. A bola foi no ângulo direito, sem chances para o goleiro adversário, 2x1 e virada da SASE.

Na segunda etapa, o América buscou mais o gol, por conta do revés no placar. A SASE defendia-se de todas as maneiras, com uma força de vontade sobrenatural dos jogadores alviverdes. Mas de tanto insistir, o América conseguiu empatar a partida, após chute cruzado de Matheus Gaúcho (11), que atravessou dentro da área e sobrou para Gabriel Gugel (8) na segunda trave empurrar no gol, 2x2.

A equipe da SASE continuou defendendo-se, tendo algumas possibilidades nos contra-ataques. E em um desses contra-ataques um lance, em especial, gerou muita polêmica. Após se livrar do marcador, Edi Moreira (31) tomou uma cotovelada na direção do pescoço de Matheus Gaúcho. O árbitro marcou a falta, mas ao invés de aplicar o cartão vermelho, aplicou equivocadamente o cartão amarelo, sendo que o jogador do América era o último homem e o lance era em direção ao gol.

A partida estava encaminhada para um empate. Faltando 1 minuto para acabar a partida, o técnico do América colocou o goleiro linha em quadra. A SASE defendia-se como podia para não tomar o gol, mas o pior aconteceu. Aos 19:59, após receber na intermediária, Valença (4) chutou de bico, desviando no defensor alviverde, tirando a possibilidade de defesa do goleiro Felipe (23), sacramentando a vitória por 3x2 e a liderança do América.

A SASE soma 12 pontos e permanece na 10ª colocação da Série Ouro. A equipe alviverde enfrenta o Atlântico, em Erechim, no dia 10/09, às 20:15, na próxima rodada da Liga Gaúcha de Futsal.

 

Por Maurício Mendes / Assessoria SASE

.




Liga Gaúcha de Futsal

E-mail: contato@ligagaucha.com.br